Carne ovina aparece três vezes entre os oito finalistas de concurso de receitas no Paraná

Mais de 500 receitas, entre salgadas e doces, foram inscritas para o concurso, mas apenas oito salgadas foram escolhidas para concorrer ao prêmio

O interesse pelo consumo de carne ovina vem crescendo no Brasil. Prova disso é que no Concurso de Receitas do programa Caminhos do Campo, da RPC, afiliada da Rede Globo no Paraná – que recebeu mais de 500 inscrições -, a carne ovina aparece três vezes entre as oito receitas salgadas finalistas.

As receitas contendo a proteína ovina são: capeleti de cordeiro com pesto de rúcula e hortelã, do Lino Junior, de Guarapuava; carré de cordeiro com purê de cabotiá e pesto de hortelã, do Wanner Cavagnole, de Curitiba; e, por fim, costela de ovelha recheada com farofa de pinhão, do Juliano Ortiz de Souza, de Palmas.

Na primeira etapa do concurso, as receitas inscritas foram avaliadas por comitês internos formados por colaboradores da RPC, em todas as oito cidades sede da emissora. Em cada uma dessas sedes, foram indicadas duas receitas, sendo uma doce e outra salgada, de pessoas que vivem nas cidades que fazem parte da área de cobertura.

Agora, os 8 finalistas de receitas salgadas, entre eles os três de carne de cordeiro, terão que gravar um vídeo explicando o passo a passo do preparo do prato para mostrar aos telespectadores da emissora. Depois que todas as receitas forem mostradas ao público, começa uma votação pela internet para escolher as campeãs.

Antes de mais nada vale frisar que, de acordo com o Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (MAPA), o Brasil ocupa a 14ª posição entre os maiores produtores mundiais de ovinos, com um plantel de 15 milhões de cabeças. Além disso, o setor possui um crescimento anual aproximado de 2,5% ao ano em sua produção.

Vamos ficar de olho e na torcida para que as receitas contendo carne ovina possam vencer esse concurso, hein!

Por Natália de Oliveira/Assessoria de Imprensa Agrovenki
Crédito da foto: Divulgação/Ovinopar

Leia outras notícias no site da Ovinopar

Ir ao Topo